Tudo Começa Num Momento

Desde que me lembro que vejo câmaras fotográficas e de vídeo a andar por casa. O meu Pai era um entusiasta de novos equipamentos e sempre tivemos fotografias de família bastante aceitáveis.

Fazíamos também vídeos de Natal e outros eventos, por isso a minha inclinação para o Cinema/Fotografia foi-se “agravando” ao ponto de optar pelo curso de Cinema no conservatório na hora das escolhas para a Universidade.

Cinema e Fotografia andam, naturalmente, de mãos dadas, ou não fossem os dois baseados na mesma premissa. Ao longo do curso, e apesar de ter seguido um ramo que não o da fotografia, fui desenvolvendo o gosto pela fotografia muito por culpa de colegas de curso e da descoberta de uma máquina russa na gaveta do escritório do meu pai.

A partir daí, sempre de Cosina (ou Lomo) na mão, fui pondo em prática experiências fotográficas com a família, particularmente com a pequenota (linda) da família, e também com “coisas” por aí.

Isto foi o meu começo. O resto, mais de mim e do meu trabalho, virá noutras histórias.

2 comments

  1. Graças a um simples momento, algo muda, algo se cria… assim nasce o sonho e assim permaneçe.. . e até se pode morrer por ele.

    Graças a um simples momento, podemos partilhar com os outros e dizer ao mundo, que estamos, somos e sonhamos… e podemos dar aos outros o que vê o nosso olhar . Sejam em palavras…seja em sons seja imagens…

    A imagem não é mais que o silêncio das palavras …no teu olhar há poesia em silêncio.

    Obrigado Querida Inês.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s